ban or ban sc ban br

 
Uma ameaça silenciosa está escondida em um ato bastante comum de nossas vidas: jogar remédios fora. Seja atirando-os no lixo ou despejando-os no vaso sanitário, a verdade é que descartar remédios é mais comum do que se pensa. Misturar medicamentos no lixo comum ou mandá-los descarga abaixo dá no mesmo: contaminação do solo e das águas, o que só traz risco para a saúde dos animais e das pessoas.
 
Em Orleans o problema vem crescendo demasiadamente. Diversas frascos, cartelas de comprimidos entre outros medicamentos foram encontrados no lixo do banheiro público localizado na Praça Celso Ramos.
 
De acordo com a zeladora e monitora pelo local, Maria de Fátima Costa, está é a terceira vez que remédios são encontrados nas lixeiras dos banheiros. Além disso a zeladora comenta ainda que, os medicamentos são para sintomas de pressão arterial, asma e coração e os mesmos possuem prazo de validade até o ano de 2019.
 
"Pedimos o compromisso da população no cuidado com os remédios, pois muitos deles custam caro e poderiam ser utilizados por outras pessoas que realmente necessitam. Os remédios devem ser descartados em locais apropriados e não em lixeiras e vasos sanitários", revoltada disse a zeladora.
 
A Secretaria de Saúde informa que existe no município a "Farmácia Solidária" localizada ao lado da Fundação Hospitalar Santa Otilia (apenas referência) onde as pessoas podem fazer a entrega de medicamentos tanto aqueles que estão dentro ou fora do prazo de validade os quais serão encaminhados para outros destinatários sem comprometer a saúde ambiental e humana.
 
Uma ameaça silenciosa está escondida em um ato bastante comum de nossas vidas: jogar remédios fora. Seja atirando-os no lixo ou despejando-os no vaso sanitário, a verdade é que descartar remédios é mais comum do que se pensa. Misturar medicamentos no lixo comum ou mandá-los descarga abaixo dá no mesmo: contaminação do solo e das águas, o que só traz risco para a saúde dos animais e das pessoas.
 
Em Orleans o problema vem crescendo demasiadamente. Diversas frascos, cartelas de comprimidos entre outros medicamentos foram encontrados no lixo do banheiro público localizado na Praça Celso Ramos.
 
De acordo com a zeladora e monitora pelo local, Maria de Fátima Costa, está é a terceira vez que remédios são encontrados nas lixeiras dos banheiros. Além disso a zeladora comenta ainda que, os medicamentos são para sintomas de pressão arterial, asma e coração e os mesmos possuem prazo de validade até o ano de 2019.
 
"Pedimos o compromisso da população no cuidado com os remédios, pois muitos deles custam caro e poderiam ser utilizados por outras pessoas que realmente necessitam. Os remédios devem ser descartados em locais apropriados e não em lixeiras e vasos sanitários", revoltada disse a zeladora.
 
A Secretaria de Saúde informa que existe no município a "Farmácia Solidária" localizada ao lado da Fundação Hospitalar Santa Otilia (apenas referência) onde as pessoas podem fazer a entrega de medicamentos tanto aqueles que estão dentro ou fora do prazo de validade os quais serão encaminhados para outros destinatários sem comprometer a saúde ambiental e humana.