ban or ban sc ban br

Cultura

Festival da Cerveja movimenta Orleans

Festival da Cerveja movimenta Orleans

Evento com entrada franca, oferece mais de 30 opções de cerveja, shows ao vivo e lanches gourmet

No dia 13 de abril agora, acontece o Primeiro Beer Festival, evento que reúne cervejeiros e apreciadores de cerveja, de Orleans e região. O acontecimento é um festival de cerveja artesanal que será realizado pela primeira vez no município. A programação conta com bandas de rock e country e acontece na Praça Celso Ramos, no centro da cidade.

O evento é importante para a comunidade conhecer e consolidar ainda mais o setor. É um produto que alia a paixão dos produtores e consumidores, qualidade, investimento em equipamentos e muita personalidade. “Cada rótulo é uma experiência única para o paladar”, destaca o prefeito Jorge Koch, entusiasmado com o festival.

Em Orleans, mais de cem cervejeiros artesanais produzem chope e a sua própria cerveja para consumo. Participam do evento os cervejeiros associadas a Ampe, associação que engloba a região sul.

 

Festival

No dia 13, será uma oportunidade para os amantes dessa bebida participarem do Festival feito com diversas parcerias. No local, serão montados estandes para comercialização, palco para apresentações culturais e uma praça de alimentação.

A Gerente de Cultura de Orleans, Annye Baggio, conta que o departamento de Cultura e Turismo da cidade promove o evento em parceria com a Associação das Cervejas Artesanais, Ampe, Sebrae, Fampesc e Serra Mar. A programação conta também com apresentações de cervejas, além de shows das bandas Red Neck – 11:30hs, Litle Jone – 14:30, Teto Fernandes Banda – 17:00 hs, e, Blackdoor.

Segundo Marcelo Dalazem – da Big Jack – que está implantando uma cervejaria com equipamentos para produzir a sua marca (já consolidada em SC e no Paraná) – a principal diferença entre a cerveja industrial e a artesanal é o processo de fabricação… “A fabricação utiliza produtos nobres, sem adição de transgênicos sem adição de produtos químicos para conservar o produto”, explica. Esses procedimentos dão um sabor especial e torna a cerveja diferenciada.

A entrada do evento é gratuita e contará com marcas de cervejas artesanais tanto do município como do estado. Para a realização do festival, será montada uma estrutura coberta, com Beer Trucks, onde os visitantes poderão apreciar e adquirir as cervejas artesanais. Além disso, haverá estandes e um espaço gastronômico, que comercializará petiscos e comidas especiais gourmet.

 

Serviço

O quê: 1º Beer Festival, com shows ao vivo, exposição de cervejas e comida gourmet
Quando: 13 de abril, das 10:00 hs à meia-noite
Onde: Praça Celso Ramos – Centro – Orleans (SC)
Quanto: entrada franca

 

Orleans é uma ótima opção de turismo neste verão

Orleans é uma ótima opção de turismo neste verão

Conhecida como a “Capital da cultura,” a cidade conta com o museu ao Ar livre, o paredão do Zé Diabo, a igreja matriz e está preparada com bons hotéis, restaurantes, pub’s e cervejarias artesanais

Visitar Orleans é transformar o passeio num daqueles dias inesquecíveis. Museus únicos do gênero no Brasil, paredão com escultura em rocha viva, igreja matriz que lembra velhas catedrais góticas europeias, serras, cânions, fauna, flora e paisagens únicas no costão da serra. Essas são algumas das riquezas de Orleans, atraindo cada vez mais pessoas com interesse no turismo cultural.

Estando a 180 quilômetros de Florianópolis uma característica importante da cidade é que oferece ótimas opções d da boa cozinha italiana, e bons hotéis para estadia. Destaque para Museu ao Ar Livre (primeiro desse gênero na América recebendo mais de 20.000 visitantes/ano), a igreja Matriz Santa Otília, o mirante no Morro da Santinha, as esculturas do Paredão do Zé Diabo ao lado do Monumento ao Conde D’Eu e a réplica da primeira igreja transformam a cidade num destino único no Brasil.

A Administração Municipal tem reforçado o título de “Capital da Cultura” com investimentos nos museus, Esculturas do Paredão, e eventos que tragam turistas para a cidade e valorizando a comunidade local. O Prefeito Jorge Koch entende que a cidade ao longo da história construiu seu ‘patrimônio cultural invejável’ por “possuir um movimento de intelectuais na escrita com academia de letras e lançamento anual de livros com autores locais, corais que destacam o município no estado, academias de dança com apresentações locais e não raros são chamadas para em grandes apresentações nacionais, museus, monumentos e lugares que só existem aqui”, justificando o investimento na cultura e convidando os veranistas para visitar a cidade.

 

Vale conhecer:

 

Museu ao Ar Livre

O Museu ao Ar Livre Princesa Isabel é o primeiro do Brasil “ao ar livre” com forma de apresentação do acervo num ambiente natural e ecológico, destacando o modo de vida dos colonizadores no início do século XX.

Inaugurado em 30 de agosto de 1980, o Museu é o primeiro do gênero na América Latina, instalado numa área de vinte mil metros quadrados de terra com as construções, de características tradicionais, abrangendo: capela, engenho de farinha de mandioca, estrebaria, galpão de serviços domésticos, cozinha de chão batido, casa do colono, cantina, meios de transporte, engenho de cana-de-açúcar, serraria pica-pau, oficinas artesanais, marcenaria, atafona, balsa, ferraria, monjolo e Centro de Vivências.

Além destas unidades citadas, também encontramos instalado nas dependências do Museu, a Casa de Pedra, que abriga o Centro de Documentação Histórica Plínio Benício, salas de exposições e Laboratório de Conservação e Restauração.
Centro de Documentação Histórica Plínio Benício

Casa de pedra que funciona ao lado do Museu ao Ar Livreque guarda Centro de Documentação é formado por Coleções, entre elas Colônia Grão Pará (CGP) que contém documentos relativos a uma das empresas colonizadoras que atuou no Sul do estado de Santa Catarina. Esta empresa pertenceu ao Conde D’Eu e a Princesa Isabel e seu objetivo era vender a imigrantes as terras que a princesa havia ganhado como dote de casamento. São documentos datados dos séculos XIX e XX que tratam de questões relativas à administração da empresa e do cotidiano da colônia.

Importante: O atendimento aos pesquisadores ocorre mediante agendamento de segunda à sexta das 8h às 12h e das 13h às 17h.

 

Esculturas do Paredão

As esculturas entalhadas em rocha viva no paredão de passagem da antiga estrada de ferro margeando o Rio Tubarão, no centro da cidade recebe mais de 40.000 visitantes ao ano. Foram gravados naquela encosta belíssimos painéis representativos de passagens bíblicas. Trata-se de um conjunto de muita beleza e arte com visitação permanente de bom número de viajantes, estudantes e turistas. É tema também de excelentes reportagens nos jornais, revistas e televisões. Trata-se de uma obra única no Brasil que projeta Orleans no cenário cultural, turístico nacional e sul americano.

 

Festival de Orquídeas

Festival de Orquídeas

A segunda apresentação do Natal dos sonhos tem abertura às 20:00. Durante o dia as orquídeas proporcionam ao visitante uma experiência de cores e perfumes. Exposição acontece no Centreventos Galiano Zomer

Com tradição e reconhecimento, o Círculo de Orquidófilos de Orleans (Coor), realiza o 13ª Festival de orquídeas de Orleans neste final de semana. O evento tem início na sexta-feira 07, a partir das 15:00 hs, com o recebimento das plantas, e segue até no domingo 10, às 18:00 hs. A entrada é gratuita.

O Prefeito Jorge Koch conta que sempre visita a exposição contemplando a beleza e o perfume das flores que tomam conta do ambiente. “É um bom programa de família visitar Orleans neste final de semana. Neste domingo acontece a segunda apresentação de natal a partir das 20:00 hs. Quem visitar a exposição de orquídeas tem a oportunidade de conhecer aromas e um colorido todo especial”, relata o chefe do executivo, convidando para o festival.

O Festival de Orquídeas está na 13ª exposição e já é um evento tradicional de Orleans. Orleans sempre recebe gente apaixonada por orquídeas de todas as cidades da região. “A nossa mostra faz parte da Federação Catarinense de orquidófilos e, por isso, recebe muitos visitantes, destacou o secretário da COOR”, Valter Pizoni. São aproximadamente 2000 plantas na exposição, com mais de 20 espécies de orquídeas e em torno de mil mudas dispostas para comercialização.

A expectativa da organização é de que, mais de mil pessoas ao dia compareçam no Galiano Zomer. “As pessoas que vem na nossa exposição sempre voltam. É gostam das flores, e apreciam o perfume as cores das orquídeas”, complementou Pizoni.

Durante a exposição dia, juízes especializado farão julgamento das plantas expostas. Cada um analisa um tipo de espécie. A análise dura mais de três horas, com base no cultivo da orquídea, qualidade e beleza da flor.

 

Vendas

Os visitantes que desejarem poderão realizar compras de orquídeas a preços promocionais, diretamente do Orquidário e ainda aproveitarem toda infraestrutura de Orleans. O evento tem entrada gratuita e vai até às 18h.

 

Serviço
99ª Exposição de Orquídeas
Data: 07 a 09 de dezembro de 2018
Local: Centreventos Galeano Zomer
Endereço: R. Rui Barbosa, 358-360 – Centro, Orleans - SC, 88870-000
Horário: Dia 07, sexta-feira das 15h às 21h; Dia 08, sábado das 09h às 21h; Dia 09, domingo das 9h às 18h
Entrada Franca

 

Começa neste domingo o maior espetáculo natalino de Santa Catarina

Começa neste domingo o maior espetáculo natalino de Santa Catarina

O Natal dos Sonhos de Orleans é o único evento natalino do estado com neve artificial, carros alegóricos, desfile com mais de trezentos figurantes promovendo o maior espetáculo natalino que o estado já viu

O fim de semana promete ser especial em Orleans. A administração municipal promove neste domingo 25, o início da 2ª edição do Natal dos Sonhos. A solenidade de abertura acontece no jardim central da cidade às 20 horas com chegada do Papai Noel. Logo na sequência, o Show de acendimento da iluminação abre a série de grandes espetáculos do Natal dos Sonhos.

O vice-prefeito Mário Coan – que é secretário de Administração do município – destaca que a 2ª edição do evento conta com muitas novidades. “Queremos compartilhar junto com vocês. Quem visita Orleans vai conhecer uma paisagem lindíssima e um espetáculo que deixa nossa cidade ainda mais bonita”, salienta afirmando que quem vir para Orleans vai viver um espetáculo inesquecível.

Já o prefeito Jorge Koch, garante que a administração municipal vai levar ao público um grande evento que inicia no domingo agora, e segue até o dia 23 de dezembro. “São inúmeras apresentações entre grandes shows, espetáculos musicais, desfiles, concertos, teatro e música durante os 30 dias do evento. A equipe caprichou muito para construir o maior natal que esta região sul já viu”, salienta o chefe do poder executivo.

A organização espera criar em Orleans uma festa que traga bom público para conhecer a cidade, visitar o comércio, tomar uma cerveja artesanal, conhecer os pubs e restaurantes e se encantar com o Natal dos sonhos.

A decoração que nesta quinta-feira começou a chegar às ruas, praças, rótulas e pórticos em fase de finalização já mostra que o Natal Luz será sucesso.
 

Detalhes do evento:

  • Mais de trezentos 300 figurantes participam do desfile todos caracterizados com temas relacionados ao natal;
  • Uma máquina de neve artificial é novidade que promete ser um local de grande visitação e deve estar na praça durante todo o evento;
  • Os carros alegóricos são articulados, e os artesão que construíram garantem que o público vai ter a impressão de ver a as renas que estar pulando sobre a neve puxando o trenó do papai-noel;
  • Mais de cem anjos azuis com iluminação especial, passam a iluminar a cidade neste período de festas;
  • Deve ser sucesso de público um escorregador que dá a impressão de uma montanha de gelo. O brinquedo vai estar na praça e lembra a Janela Furada;
  • Para a produção do natal, mais de 80 pessoas estão trabalhando nos últimos sessenta dias.

 
Programação Completa