ban or ban sc ban br

Social

A Ação ‘Orleans Abraça o imigrante’, acontece do dia 27 a 31 de maio, das 10:00 às 20:00 horas, no auditório do Centro Administrativo

Por Tatiani Jung Furlan – Assistente Social

O número de Imigrantes em Santa Catarina não para de crescer. Apesar de não haver uma estatística oficial dos órgãos federais os imigrantes que procuram por melhores oportunidades de trabalho e condições dignas de vida, estão cada dia mais chegando em Orleans, trabalhando convivendo e estabelecendo relações sociais.

Assistência Social em parceria com outras secretarias municipais mais Unibave, Cáritas e Igreja Batista, e mais parceiros organizam um cadastramento de haitianos que residem em Orleans. O objetivo é a identificação do número de imigrantes no município.

A secretária de Assistente Social Rosilândia Librelato conta que a ideia é conhecer e “nos aproximar das pessoas, fortalecer vínculos sociais, para que posteriormente sejam realizadas estratégias voltadas a inclusão social, nas mais variadas esferas”, explicou.

Após o cadastramento, cada imigrante receberá um cartão com o número social, que em todo atendimento no município de Orleans, será necessário a apresentação do mesmo. A secretária de Assistência Social lembra que é importante a orientação de que todo o imigrante que ao chegar na cidade de Orleans, deverá se dirigir a Secretaria de Assistência Social e Habitação, para fazer o cadastro e receber o referido Cartão.

O prefeito Jorge Koch entende que essa parceria é fundamental para o desenvolvimento das políticas públicas sociais. Foi estabelecido boas parceria e com o resultado vamos compreender melhor a cultura, a história e tradições do povo haitiano, que acessa os serviços da Assistência Social” explicou o chefe do executivo.

 

Objetivo é fazer com que as crianças aprendam mais instrumentos musicais, e menos jogos e games no computador

A Administração Municipal de Orleans, cada vez mais investe nas crianças e adolescentes do município. Por meio da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, o executivo realizou a compra de diversos instrumentos musicais, para atender o Centro Educacional Rui Pfutzenreuter. O prefeito Jorge Koch entende a música, pode auxiliar no desenvolvimento das crianças e dos jovens e, com isso, “sempre que houver condições, seremos parceiros e incentivadores de projetos como o da Escola Rui Pfutzenreuter” explicou o chefe do executivo.

Os novos instrumentos vão auxiliar nas atividades das crianças e adolescentes do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), coordenados pela professoara Ronilda Zavarize, no projeto de música desenvolvido pelo órgão. Para o Vice prefeito Mário Coan, Orleans vive um momento especial com obras e ações acontecendo em todo o município e o social é um dos aspectos mais importantes da administração.

“Nós temos que agradecer a administração municipal, que não tem medido esforços para investir na assistência social. Não só hoje, mas em todo este semestre fomos agraciados com novos materiais que nos ajudam a executar os trabalhos com as famílias carentes com mais qualidade”, comenta Rosilândia Librelato, Secretária de Assistência Social. Ela ressalta que o Cras e o Creas estão diretamente envolvidos na ação e que prestam um trabalho especial no social do município

Atualmente, o SCFV realiza o trabalho com mais 70 beneficiados. Além da música, há projetos sócio educacionais e esportivos, como Taekwondo, dança e capoeira. Todos os alunos participam do projeto no contraturno do horário em que frequentam a escola, sendo que frequentar regularmente a escola, é um dos requisitos para participar do projeto. P

 

Oficina de música

A oficina de música tem a frente o professor Mateus Matuxaki junto às crianças e adolescentes, valoriza as relações sociais dos alunos, com autonomia, responsabilidade, disciplina e a criatividade. O valor referente a esses instrumentos adquiridos foi de R$ 13.323,00 (suporte de parede para violão, guitarra, cubo para guitarra, padeiro meia lua, cajon com captação elétrica, bateria acústica completa, acordeon, contrabaixo, cubo para contrabaixo). Para o professor a música é uma forma de linguagem “utilizada como mediação na construção de novos saberes que abrem caminhos para a formação do cidadão”, explica o professor.

 

Quarta, 13 Março 2019 11:21

CMDCA publica Resolução

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente – CMDCA – de Orleans, publicou nesta terça-feira 12, a resolução convocando entidades para fazer o recadastramento no conselho. De acordo com o Edital, convoca todas as entidades governamentais ou não-governamentais registradas no CMDCA do município de Orleans para realizarem o recadastramento.

Segundo a coordenadora dos Conselhos municipais, Annye Baggio, as entidades com atividades e finalidades específicas sejam à área da criança e do adolescente que desejam pleitear parcerias com o CMDCA, recebendo recursos do Fundo da Infância e Adolescência (FIA), devem fazer o recadastramento.

Segundo o prefeito Jorge Koch, o edital para recadastramento de entidade do dia 12/03/2019 ao dia 22/03/2019, a ser realizado no Departamento de Assistência Social, no Centro Administrativo da prefeitura no Centro de Orleans.

 

Última modificação em Quarta, 13 Março 2019 11:28

O município preparou uma série de atividades para promover a inclusão entre os grupos de convivência que deram início as atividades 2019

A Administração Municipal de Orleans por meio da Secretaria de Assistência Social reuniu os três grupos de Idosos de Orleans para celebrar o carnaval e dar início as atividades 2019. O encontro foi no Centro Hemília Debiasi Pinter. Mais de 200 integrantes estiveram no local e se divertiram com música ao vivo, dança, homenagens aos aniversariantes, orações, coquetel e muita alegria promovidas pelos servidores das duas instituições.

De acordo com a coordenadora do Centro do Idoso, Marcela Durante, atualmente 350 idosos participam de três grupos de convivência que realizam atividades sociais ao longo do ano voltadas para manter a saúde física e mental dos integrantes. Para a coordenadora chega a ser divertido trabalhar com idosos, pois eles são alegres e motivados. “Quer conhecer gente feliz, venha uma tarde participar das atividades conosco”, comenta.

Além dos bailes jogos e mais convivência os idosos recebem apoio fundamental em Orleans. “Proporcionamos assistência com médicos, psicólogos, enfermeiros e assistentes sociais. Temos ainda atividades de lazer, culturais e outras voltadas para nossos idosos. No entanto, estamos dando início com esse encontro, uma programação especial, para iniciar o ano”, anunciou a secretária de Assistência Social Rosilândia Rocha, que ao lado de mais servidores, tem sido elogiada constantemente pelo brilhante trabalho que desenvolve na área.

 

Atendimento especial aos Idosos

A assistente social Tati Furlan, relata que a cidade de Orleans conta com quatro grupo de Idosos que auxiliam na qualidade de vida dessas pessoas. Grupo Alegria de Viver – Centro, Grupo Nossa Senhora Aparecida – Pindotiba, Grupo de Oratório – Oratório e Grupo de Fortalecimento de Vínculos para Idosos do CRAS – Grupo do Cras.

A administração municipal apoia integralmente os grupos e para o prefeito Jorge Koch entende que a “qualidade de vida no envelhecimento é importante para que se tenha uma velhice bem-sucedida”. Já o vice-prefeito Mário Coan explica que os grupos de idosos proporcionam ao idoso um envelhecimento mais saudável e feliz, “os grupos de convivência são importantes nesse processo, pois buscam interagir e compensar o vazio social tornando-se um espaço de apoio para a superação das dificuldades e para promoção da qualidade de vida”.