ban or ban sc ban br

Social

Objetivo é fazer com que as crianças aprendam mais instrumentos musicais, e menos jogos e games no computador

A Administração Municipal de Orleans, cada vez mais investe nas crianças e adolescentes do município. Por meio da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, o executivo realizou a compra de diversos instrumentos musicais, para atender o Centro Educacional Rui Pfutzenreuter. O prefeito Jorge Koch entende a música, pode auxiliar no desenvolvimento das crianças e dos jovens e, com isso, “sempre que houver condições, seremos parceiros e incentivadores de projetos como o da Escola Rui Pfutzenreuter” explicou o chefe do executivo.

Os novos instrumentos vão auxiliar nas atividades das crianças e adolescentes do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), coordenados pela professoara Ronilda Zavarize, no projeto de música desenvolvido pelo órgão. Para o Vice prefeito Mário Coan, Orleans vive um momento especial com obras e ações acontecendo em todo o município e o social é um dos aspectos mais importantes da administração.

“Nós temos que agradecer a administração municipal, que não tem medido esforços para investir na assistência social. Não só hoje, mas em todo este semestre fomos agraciados com novos materiais que nos ajudam a executar os trabalhos com as famílias carentes com mais qualidade”, comenta Rosilândia Librelato, Secretária de Assistência Social. Ela ressalta que o Cras e o Creas estão diretamente envolvidos na ação e que prestam um trabalho especial no social do município

Atualmente, o SCFV realiza o trabalho com mais 70 beneficiados. Além da música, há projetos sócio educacionais e esportivos, como Taekwondo, dança e capoeira. Todos os alunos participam do projeto no contraturno do horário em que frequentam a escola, sendo que frequentar regularmente a escola, é um dos requisitos para participar do projeto. P

 

Oficina de música

A oficina de música tem a frente o professor Mateus Matuxaki junto às crianças e adolescentes, valoriza as relações sociais dos alunos, com autonomia, responsabilidade, disciplina e a criatividade. O valor referente a esses instrumentos adquiridos foi de R$ 13.323,00 (suporte de parede para violão, guitarra, cubo para guitarra, padeiro meia lua, cajon com captação elétrica, bateria acústica completa, acordeon, contrabaixo, cubo para contrabaixo). Para o professor a música é uma forma de linguagem “utilizada como mediação na construção de novos saberes que abrem caminhos para a formação do cidadão”, explica o professor.

 

Quarta, 13 Março 2019 11:21

CMDCA publica Resolução

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente – CMDCA – de Orleans, publicou nesta terça-feira 12, a resolução convocando entidades para fazer o recadastramento no conselho. De acordo com o Edital, convoca todas as entidades governamentais ou não-governamentais registradas no CMDCA do município de Orleans para realizarem o recadastramento.

Segundo a coordenadora dos Conselhos municipais, Annye Baggio, as entidades com atividades e finalidades específicas sejam à área da criança e do adolescente que desejam pleitear parcerias com o CMDCA, recebendo recursos do Fundo da Infância e Adolescência (FIA), devem fazer o recadastramento.

Segundo o prefeito Jorge Koch, o edital para recadastramento de entidade do dia 12/03/2019 ao dia 22/03/2019, a ser realizado no Departamento de Assistência Social, no Centro Administrativo da prefeitura no Centro de Orleans.

 

Última modificação em Quarta, 13 Março 2019 11:28

O município preparou uma série de atividades para promover a inclusão entre os grupos de convivência que deram início as atividades 2019

A Administração Municipal de Orleans por meio da Secretaria de Assistência Social reuniu os três grupos de Idosos de Orleans para celebrar o carnaval e dar início as atividades 2019. O encontro foi no Centro Hemília Debiasi Pinter. Mais de 200 integrantes estiveram no local e se divertiram com música ao vivo, dança, homenagens aos aniversariantes, orações, coquetel e muita alegria promovidas pelos servidores das duas instituições.

De acordo com a coordenadora do Centro do Idoso, Marcela Durante, atualmente 350 idosos participam de três grupos de convivência que realizam atividades sociais ao longo do ano voltadas para manter a saúde física e mental dos integrantes. Para a coordenadora chega a ser divertido trabalhar com idosos, pois eles são alegres e motivados. “Quer conhecer gente feliz, venha uma tarde participar das atividades conosco”, comenta.

Além dos bailes jogos e mais convivência os idosos recebem apoio fundamental em Orleans. “Proporcionamos assistência com médicos, psicólogos, enfermeiros e assistentes sociais. Temos ainda atividades de lazer, culturais e outras voltadas para nossos idosos. No entanto, estamos dando início com esse encontro, uma programação especial, para iniciar o ano”, anunciou a secretária de Assistência Social Rosilândia Rocha, que ao lado de mais servidores, tem sido elogiada constantemente pelo brilhante trabalho que desenvolve na área.

 

Atendimento especial aos Idosos

A assistente social Tati Furlan, relata que a cidade de Orleans conta com quatro grupo de Idosos que auxiliam na qualidade de vida dessas pessoas. Grupo Alegria de Viver – Centro, Grupo Nossa Senhora Aparecida – Pindotiba, Grupo de Oratório – Oratório e Grupo de Fortalecimento de Vínculos para Idosos do CRAS – Grupo do Cras.

A administração municipal apoia integralmente os grupos e para o prefeito Jorge Koch entende que a “qualidade de vida no envelhecimento é importante para que se tenha uma velhice bem-sucedida”. Já o vice-prefeito Mário Coan explica que os grupos de idosos proporcionam ao idoso um envelhecimento mais saudável e feliz, “os grupos de convivência são importantes nesse processo, pois buscam interagir e compensar o vazio social tornando-se um espaço de apoio para a superação das dificuldades e para promoção da qualidade de vida”.

Segunda, 18 Fevereiro 2019 15:56

Casas Populares

Momentos de forte emoção e grande significado social marcam a vida de Dona Janete. Licitação de cinco casas saiu pelo valor unitário R$ 38.411,16

Desde que assumiu o mandato da Prefeitura de Orleans a atual administração vem promovendo uma verdadeira transformação social no município, melhorando consideravelmente a qualidade de vida das pessoas, em especial a da família da Dona Janete que na última semana, que recebeu uma casa novinha através do Programa de Moradias, criado pela atual gestão.

Bastante emocionada, Dona Jante, o esposo e os filhos ficaram bastante emocionados falando de “início de uma nova vida com mais conforto e dignidade para nossa família”. A nova casa é espaçosa e possui sala, cozinha, quartos e banheiro. “Uma moradia de qualidade significa muito, transforma a vida das pessoas e representa uma oportunidade de recomeçar”, salientou a Secretária de assistência social Rosilândia Rocha.

Quem também fez questão de acompanhar a entrega da residência, foi o prefeito Jorge Koch. “O compromisso da nossa administração é criar melhores condições e atender bem as pessoas, em especial os mais necessitados” comentou ao entregar as chaves da casa nova para o casal que celebraram com um abraço fraterno e um beijo carinhoso.

O Vice-prefeito Mário Coan entende que a casa entregue é bonita, caprichada e digna para abrigar a família. “Não entregamos apenas uma casa. Temos preocupação de entregar um lar digno. Estão de parabéns!!!”, concluiu.

A administração afirma que as habitações vão continuar, com os agentes públicos trabalhando para que outras famílias possam ser atendidas, pois a demanda na área da habitação é bastante significativa.

Para se inscrever no programa habitacional do município é necessário possuir renda familiar de até, três salários mínimos e residir há, pelo menos, cinco anos na cidade. O programa seleciona moradias em situação difícil de uso, avaliados por meio de estudo com assistentes sociais, que determinam as pessoas que tem lote, recebem aluguel social e estão em situação de carência social.

Emocionante história de vida
Por Tatiana Furlan – Assistente social da PMO

Janete Antônio Medeiros é viúva, atualmente está em união estável com um companheiro. Mãe de quatro filhos: Katiane Medeiros Constantino, Karine Medeiros, Cleiton Medeiros de Jesus e Cristiano Medeiros de Jesus. Esses dois últimos filhos têm deficiência mental. Dona Janete dedicou a sua vida nos cuidados e zelo com os seus filhos, sendo que o filho Cleiton frequenta regularmente a APAE.

Atualmente morava aluguel, mas as despesas com medicações para a referida senhora e seus filhos especiais, compromete boa parte da renda familiar. Dona Janete é bastante doente, com vários problemas de saúde: tireoide, pressão alta, inflamação nas articulações, gastrite, labirintite e pulmão sendo que faz uso de bombinha.

Nas visitas que fizemos na casa dona Jante sempre se mostrou esperançosa: “Eu me sinto muito feliz, já enfrentei muita coisa nesta vida, mas a felicidade de receber esta casa é tão grande que compensa todo a luta e esforço para que esse sonho eu pudesse desfrutar. Agradeço a Deus e à Prefeitura Municipal”, frisou a beneficiária.