ban or ban sc ban br

Infraestrutura

Quarta, 16 Janeiro 2019 15:44

Obra parada desde 2016 é retomada

Hoje é um dia histórico para Orleans, um privilégio para a nossa administração e a realização de um sonho do orleanense, quando assinamos a ordem de serviço da obra de tratamento de esgoto nos bairros Coloninha, Tirão Comprido (margem direita), Samuel Sandrini, Otávio Dalazen e Corridas.

O prefeito Jorge Koch conta que foi um trabalho complexo, retomando a obra paralisada em 2016 com a Operação Águas de Prata, mas devo garantir que agora será feito de forma correta e justa.

 

Equipamento está sendo comemorado pela comunidade porque está tirando o seixo do rio e produzindo britas e a base para as pavimentações. Com a usina de asfalto, o custo das pavimentações reduz em até mais de 50%

Está em funcionamento constante, e inaugura nesta sexta-feira 21, a partir das 18:00 hs, o britador da prefeitura de Orleans instalado na comunidade de Brusque do Sul. O equipamento serve para a produção de pó, britas e pedras utilizadas na base de pavimentações asfálticas, a serem implantadas nas estradas do interior e perímetro urbano da “Cidade das Colinas”.

O equipamento foi adquirido por meio de convênio com o Governo do Estado e o município, para aquisição de um conjunto fixo de britagem, destinado à produção da base de brita para ser utilizada na conservação, manutenção e pavimentação das estradas do município. O convênio, no valor de R$ 813 mil, foi repassado pelo estado e licitado pela prefeitura. O custo foi de R$ 540.000,00 sendo que o restante de R$ 273 mil, são devolvidos ao governo do estado de SC.

“É uma obra estratégica para conservação das vias e isso resultará em qualidade de vida para a população”, destacou o vice-prefeito Mário Coan, que responde pela secretaria de administração da Prefeitura.

 

Comunidade agradece

Os maiores apoiadores do trabalho de britagem em Brusque do Sul são os moradores locais e proprietários das várzeas que margeiam o rio. O britador vem resolver um problema antigo que é a mudança constante do leito do rio invadindo a plantação, matando a criação, estragando a terra e causando prejuízo aos agricultores. “A gente sempre pagou para fazer a drenagem e o povo gastou muito dinheiro”, disse o morador local Benoni Ferrarez, complementando que o equipamento é um verdadeiro “sonho que vira realidade”.

A comunidade está oferecendo um churrasco de carne suína nesta sexta-feira celebrando o “sonho que virou realidade”.

 

Importante:

♦ O município capacitou colaboradores para operar o equipamento, e contratou um engenheiro com larga experiência no ramo para que o trabalho fosse de excelência;

♦ Os que estão tendo contato com o equipamento relatam que o conjunto de britagem oferece boa segurança aos operadores, como a proteção de correia e polias e os trabalhadores usam equipamentos de proteção individual (EPI’s);

♦ Para poder realizar as extrações do seixo e a britagem no local, a administração buscou todas as licenças ambientais emitidos por órgãos competentes;

♦ O equipamento têm potencial para produção de 40 m³/hora de material britado destinados para pavimentação rodoviária nas estradas do município;

♦ O britador é da marca Mercantil Catarinense e foi adquirida em Indaial - Santa Catarina;

♦ O trabalho tem superado as expectativas da administração e aproximadamente 8.000 ton. de britas já foi processado, em menos de dois meses de trabalho.

 

Unidade de Britagem em Brusque do Sul

O equipamento destaca-se pelo baixo custo operacional, reduzindo consideravelmente o custo das pavimentações, com a instalação estratégica na comunidade de Brusque, localizada a 20 Km do centro. Como o Rio de Brusque do Sul é formado por seixos que constantemente precisam ser removidos para não causar enchentes, as pedras retiradas do rio não tem custo para a administração municipal. O engenheiro Cassiano Ricardo Del Moro, responsável pela extração e beneficiamento do material para britagem, explica que “o seixo retirado da calha do rio, têm aproveitamento de 100%”, afirmando que o conjunto de britagem nos primeiros testes mostrou ótima eficiência de produção, para a demanda de serviços necessária.

Orleans possui quase mil quilômetros de estradas e recentemente, junto com um consórcio de municípios da Regional de Criciúma, adquiriu uma usina de asfalto, o que deve facilitar ainda mais a pavimentação das vias. “O britador é um equipamento estratégico para nossa gestão e junto com a usina deverá levar asfalto mais barato para as comunidades e ajudar na transformação positiva que estamos implantando em nossa cidade”, afirmou o prefeito Jorge Koch.

 

Parceria na compra de Usina de asfalto

Além do britador que já está produzindo a base do asfalto, a Administração Municipal de Orleans estabeleceu parceria com os integrantes do Consórcio Intermunicipal de Resíduos Sólidos Urbanos da Região Sul (Cirsures) para baratear a pavimentação na pavimentação das estradas. A usina de asfalto, adquirida recentemente já está em operação, onde fica o Cirsures, onde foi instalada. O investimento foi em torno de R$ 2 milhões.

O objetivo do investimento é o de baratear o custo da pavimentação. “Hoje, os municípios pagam em torno de R$ 280 pela tonelada do asfalto. Com a compra da usina, teremos mais ruas pavimentadas e de forma mais econômica. Um grande avanço para o município”, enfatiza o prefito Jorge Koch.

As sete cidades se revezarão na utilização do equipamento que tem capacidade para produzir de 35 a 40 toneladas por hora, uma média de seis mil toneladas por ano para cada cidade, contribuindo com a pavimentação asfáltica de, pelo menos, sete quilômetros. Fazem parte do Cirsures: Morro da Fumaça, Cocal do Sul, Siderópolis, Treviso, Urussanga, Lauro Müller e Orleans.

 

Última modificação em Quinta, 20 Dezembro 2018 11:24

Rua está fechada desde ontem das 5:00 as 18:00 hs. O asfalto utilizado é produto da usina que a administração municipal adquiriu no consórcio está se revelando de “qualidade excelente”.

Os usuários da Rua XV de Novembro – no trecho que vai da Igreja Matriz, até a prefeitura – no centro de Orleans– estão sendo orientados a não deixar o carro estacionado na via e buscar rotas alternativas desde a segunda-feira agora. A medida se deve ao início da obra de revitalização da principal rua de Orleans. O trabalho faz parte da programa de asfaltamento, que contempla também a Aristiliano Ramos, e toda a extensão da Antônio da Silva Cascaes.

O prefeito Jorge Koch, entende Orleans vive o melhor momento da sua história recente. “O asfalto novo moderniza a cidade, valoriza o imóvel, o visual fica mais limpo, a cidade fica mais bonita e o lojista vende mais”. A pavimentação asfáltica foi executada pelo ex-prefeito Osvaldo Cruzeta há 25 anos e nunca havia sido revitalizada. “O serviço caprichado melhora para os lojistas, para os proprietários dos imóveis, e os transeuntes que circulam aqui”, relata o chefe do executivo.

O trabalho marca também um novo tempo na administração municipal. Este está sendo o primeiro trabalho em Orleans utilizando o material fabricado pela usina adquirida pelo consórcio. “O consórcio tem cronograma de usinagem e tomamos todo o cuidado discutindo detalhes com os engenheiros da Prefeitura. Nossa equipe técnica tem um ajuste especial para que esta qualidade da obra seja de excelência”, relatou Dr. Jorge.

O vice-prefeito e secretário de Administração Mário Coan explica que o investimento é de aproximadamente R$ 900.000,00 onde serão utilizadas 3.300 toneladas de asfalto com recursos do IPTU. “A revitalização vai dar qualidade de vida melhorando a circulação de quem trafega pelo centro da cidade, e dando autoestima ao orleanense”, afirmou o vice-prefeito.

 

Aproximadamente 300 m de tubos vai dar mais qualidade de vida e saúde à população resolvendo o problema que desde sempre existiu

As obras na Secretaria de Infraestrutura seguem a todo vapor em Orleans. Uma equipe da pasta trabalha nos serviços de drenagem no bairro São Jerônimo para resolver de forma definitiva a triste realidade histórica de inundações, lamaçal e alagamentos vivenciados há anos por moradores da comunidade. Ali, grandes problemas se repetiam no período chuvoso de forma sistemática e, com a nova tubulação que está sendo instalada os problemas não serão mais registradas.

Além da drenagem, o bairro recebeu há pouco a pavimentação da via, acabando com a poeira e o lamaçal. “O serviço foi caprichado o trabalho de lajotamento ficou bonito” elogiou o morador Odair Luiz da Silva, explicando que a comunidade está contente com as obras porque valorizam os lotes do local. “A gente precisava deste serviço para melhorar a vida da gente”, conta Silva, que trabalha de pedreiro e mora no local.

Segundo o secretário adjunto da Infraestrutura, Rodrigo Vieira, conta que em conversa com o vice-prefeito e secretário de Administração Mário Coan foi recomendado que o trabalho deve ser norteado para melhorar a vida das pessoas é a prioridade da atual administração. “Trabalhamos para resolver problemas para que as pessoas tenham o direito de ir e vir assegurado, garantindo mais qualidade de vida para a população”, frisou Vieira.

O prefeito Jorge Koch conta que a administração municipal está atuando fortemente para resolver problemas com várias frentes de trabalho. “Temos um planejamento sério para avançarmos ainda mais transformar Orleans em uma cidade a cada dia melhor para todos" pontua o chefe do executivo lembrando que o valor da tubulação estão sendo investidos em torno de R$ 43.000,00.