ban or ban sc ban br

Educação

O Centro de Educação Infantil Débora Laurentino, realizou na última quinta-feira (17/08) a noite da Família. O encontro reuniu pais, responsáveis e familiares dos alunos no salão de festas do bairro, Nova Orleans.
Na ocasião os responsáveis foram recepcionados pelos profissionais do Centro de Educação Infantil. Eles assitiram de uma palestra com o tema "Escola x Família: uma parceria pela qualidade da educação dos filhos e alunos", ministrada pela palestrante e professora, Marlene Beckhauser de Souza.
 
Em seguida os alunos realizaram apresentações artísticas preparadas com o apoio das docentes. "Este encontro teve como objetivo propor uma reflexão sobre a importância da participação dos pais no desenvolvimento da crianças", destaca a coordenadora, Antoniana Baschirotto. 
 
Na noite da Família também esteve presente o Secretário de Educação, Lindekson Resin, que salientou a importância dos pais e responsáveis acompanharem o desenvolvimento escolar dos filhos. Em suas palavras ele enalteceu "a escola tem o papel de transmitir o conhecimento e oferecer todo o suporte necessário para o aluno. E vocês, pais e responsáveis o dever de ensinar. A Educação é construída com o compromisso de todos", relembrou.
 
Por fim os presentes participaram de uma confraternização simbólica para concluir a Noite da Família.

Os livros, lápis e cadernos deram lugar a dança e as aulas de Educação Artística ganharam destaque através das pinturas faciais feitas nos próprios alunos. Este foi o cenário desta sexta-feira (11/08), na escola da rede municipal, Cônego Santos Spricigo, do Bairro, Alto Paraná. 

Para comorar o Dia do Estudante, a diretora, Taciana Siqueira Salvador, juntamente com o Secretário, Evandro Crozetta e demais professores e funcionários da escola, ousou e realizou uma parceria com jovens voluntários do Leo Club, em conjunto com o NASF e PROART de Orleans, com o intuito de proporcionar aos 204 alunos um dia repleto de integração. 

Em suas palavras a Diretora, conta que a ideia surgiu para valorizar o estudantes e oferecer a eles alternativas de convivência e aprendizagem. "O dia do estudante foi preparado com o engajamento de todos profissionais da escola. O objetivo foi desencadear metodologias diferentes da sala de aula e propiciar um dia interativo, dinâmico e prazeroso", explica, Taciana.

Os profissionais da escola, Lauro Pacheco dos Reis, do Bairro, Nova Orleans, também realizaram atividades como a oficina de artes, leitura de obras escritas por autores do município, gincana entre as turmas e até mesmo um bolo comemorativo para festejar a data.

Segundo a Diretora, Juanita de Moares Schambeck, as dinâmicas e trabalhos em grupos surtiram um efeito significativo. Ela conta que a dinâmica realizada entre eles com o tema, "Era uma vez um aluno chamado Amor", aproximou ainda mais os alunos, onde final os participantes trocaram diversos abraços. "Os estudantes vivenciaram durante todo o dia, momentos de lazer, de estudos e de muita reflexão. Na companhia dos professores eles usufruíram todo o espaço escolar de forma amistosa comemorando o dia do estudante", afirmou. 

De acordo com o Secretário da Educação, Lindekson Resin, as escolas têm o papel de promover ações recreativas que despertem a conscientização dos educandos quanto a importância de preservar o local onde estudam."Quando práticas educativas, culturais, esportivas e sobretudo, de integração são permitidas e desenvolvidas dentro da escola, estabelece a socialização entre professor, funcionário e aluno. E faz com que todos respeitem o espaço e limites de cada um", finaliza o Secretário.

 

A escola de Educação Básica Padre Ludgero Waterkemper, da Rede Municipal de Ensino de Orleans, localizada na comunidade de Taipa, realizou no último sábado (05/08) no salão de festas a sua 7ª Julifest. 

Segundo a diretora, Claudia Eing Will, o arraiá foi realizado pela APP e a comunidade escolar contando também com apoio dos moradores do local.

Durante a festa foram apresentadas várias atrações como a tradicional Dança da Quadrilha, o Casamento de Jéca, Danças Infantis e a famosa Dança do Boi de Mamão organizada pelo grupo Cultural Cru de Teatro e Boi de Mamão da cidade de Jaguaruna. Além desses, os tradicionais quitutes da época, a queima da Fogueira, pescaria, porquinho da Índia e a roleta fizeram parte dos festejos.

"Há mais de 40 dias nos dedicamos fielmente para que tudo ocorresse conforme o esperado. Este ano recebemos a presença de um público expressivo que festejou conosco a 7ª Julifest. Transmitimos o nosso agradecimentos em nome da APP da escola, a todas as pessoas pela colaboração e também o apoio que recebemos do Secretário da Educação, Lindekson Resin", ressalta a Diretora.

O objetivo da 7ª Julifest, foi promover a divulgação da cultura, valorizar o folclore brasileiro e estreitar a integração entre a escola e a comunidade.
Vale mencionar que o valor integral da festa é destinado exclusivamente para a escola, onde todos os anos são investidos no melhoramento do educandário.

Foto: Empresa Foto Debiasi

Última modificação em Quarta, 09 Agosto 2017 16:52

A Biblioteca Municipal anexada no Centro Eventos Galeano Zomer, localizada próximo a Rodoviária (apenas referência) atende diariamente o público em geral. Com a finalidade de estimular a leitura e unir a praticidade entre o leitor e os exemplares, a Biblioteca tem à disposição um acervo com mais de 4 mil livros, dos mais variados gêneros como infantil, áreas especificas do conhecimento, literatura, romance entre outros, por exemplo. 

Destaca-se que a livraria possui também obras disponíveis de inúmeros autores orleanenses. A professora e bibliotecária, Roseane Mazzuco Lole, descreve que a Biblioteca recebe todos os dias público de várias idades. Segundo ela, o ambiente é adequado para leitura. E como forma de organização todas as obras estão catalogadas e registradas no sistema. "Procuramos atualizar com frequência o acevo e atender nossos leitores com todo carinho. A biblioteca é de todos e gratuita! Por isso as pessoas devem aproveitar a oportunidade de ampliar o conhecimento através da leitura", reforça, Lole.

 Salienta-se que nas segundas e quintas-feiras a Biblioteca Municipal atende em horário comercial e nas terças, quartas e sextas-feiras das 13h30 às 19h00.
Para fazer a retirada de livros, os interessados devem se dirigir até o local e ter em mãos o Comprovante de Residência, CPF, RG e será cobrado no ato o valor de R$ 2,00 para a impressão da carteirinha. Lembrando com a carteirinha, o usuário pode ficar com o exemplar por até 10 dias (dependendo do livro) e renovar o prazo se necessário.

NOVIDADES PARA LEITURA:

'A Bibliotecária de Auschwitz; um romance baseado numa história real' - de Antonio G. Iturbe

'Diário de um banana, vai ou raxa' - de Jeff Kinney

'A História da Ciência para quem tem pressa' - de Nicola Chalton e Meredith Macardle;

'Eu Fico Loko 3, o segredo dos bastidores' - de Christian Figueiredo de Caldas.

A Biblioteca Municipal de Orleans está situada na rua, Ettiene Galdenty Stawiarski, nº 556 - Bairro Centro. Mais informações pelo contato (48) 3466-2003.