ban or ban sc ban br

Educação

São seis Centros de Educação Infantil (CEI´s), nove Escolas de Ensino fundamental, uma unidade de Educação de Jovens e Adultos (EJA)
e o Centro de Vivências Rui Pftzenreuter

A Prefeitura de Orleans, por meio da Secretaria de Educação, divulgou o calendário escolar da Rede Municipal de Ensino para o início das aulas. O documento traz informações sobre a organização do início do ano letivo. A programação é valida para escolas municipais e os centros de educação infantil e unidades credenciadas.

As aulas iniciam na segunda-feira 10, as professoras retornam nesse dia 05 para suas unidades de ensino. Na quinta-feira 06, acontece a no auditório do Centro Administrativo formação pedagógica para todos os professores da rede. Pela manhã para o Ensino fundamental e à tarde para o Ensino Fundamental. No dia 07 os professores continuam com o planejamento do ano letivo em suas unidades de ensino.

O ano letivo terá, no mínimo, 200 dias letivos e o cronograma do transporte escolar obedecerá rigorosamente o calendário letivo.

 

Novas matrículas

A secretaria informa aos pais que ainda não realizaram a rematrícula ou matrícula podem procurar a escola ou centro de educação infantil mais próximo da residência a partir do dia 06 de fevereiro. Os documentos necessários são: declaração de situação vacinal que pode ser solicitada em uma Unidade Básica de Saúde ao levar a Carteirinha de Vacinação da criança; declaração de trabalho dos pais (somente para as creches); CPF e certidão de nascimento da criança; um comprovante de residência (conta de água, luz ou telefone); cartão do SUS da criança; cartão do bolsa família (se receber o auxílio), documento com foto dos pais (originais e cópias).

 

Reunião com diretores de escolas e entidades define preparativos de personagens temáticos, desfiles e alegorias para o desfile

A administração municipal de Orleans por meio da Secretaria de Educação reuniu diretores de escolas na tarde desta segunda feira 05, para discutir o desfile cívico de 7 de setembro. O prefeito ouviu sugestões da comunidade e de grupos ligados a preservação ambiental, e quer que o dia da Pátria seja temático. O assunto envolve uma das maiores preocupações do orleanense que trata da possibilidade da volta a mineração com a reabertura das minas de carvão.

O desfile inicia às 8:00 hs com ordem ainda a ser definida, entretanto está confirmada a participação especial dos três maiores colégios do município, Toneza Cascaes, Costa Carneiro e Samuel Sandrini. O município conta com 16 unidades escolares e, segundo a coordenadora de Cultura Annye Baggio “mais de 40 entidades culturais estarão presentes se apresentando na avenida”.

A prefeitura pretende com isso conscientizar a população sobre a importância do cuidado com a natureza. O prefeito entende que a natureza para o orleanense é sagrada e “ninguém pode tirar do orleanense o sussurro dos insetos ou o barulho dos que conversam a noite”, por isso desafiou os professores. O secretário Lindekson Resin acrescenta que “Orleans é muito criativa com a cultura, e neste ano desafiamos as escolas a focar no meio ambiente. Os professores e o assunto vai ser levado para sala de aula em atividades diversas”, entendendo que deve ser um dos desfiles mais belos que a história já viu.

De acordo com o vice-prefeito Mário Coan o objetivo principal do evento foi unir a representação de civismo com a conscientização da população sobre o meio ambiente. “A educação e a cultura desempenham uma função social importante e sempre passam uma mensagem muito positiva à nossa população”, completa.

 

A Escola de Educação Básica Cônego Santos Sprícigo, tendo como diretora de ensino Taciana Siqueira Salvador, juntamente com toda equipe pedagógica e professores, elaborou um projeto para criar vínculos entre a Família e a Escola, para que os pais participem ativamente do cotidiano escolar dos seus filhos. Somente assim a Escola e a Família serão parceiros na efetivação do processo ensino e aprendizagem.

Entretanto, para conhecer a família é necessário que a escola abra suas portas, intensificando e garantindo sua permanência. É com esse pensamento que a E.E.B.C. Santos Sprícigo, organizou um dia especial ás famílias com o tema “Saúde e Bem-Estar”.

O projeto Família na Escola 2019 garantiu essa permanência através de um dia diferente também com apresentações dos alunos e parceria com o projeto Escola Aberta na Comunidade.

Foi um dia de sucesso entre as Famílias e a Escola, todos se envolveram expressivamente para que esse dia entrasse na história da comunidade. Família na Escola aconteceu nesse dia 15/05/19 das 8:00 às 11:30 da manhã, com os parceiros da escola: Nasf, Unibave, Instituto Mix, PSF Santo Antônio (enfermeiras, dentistas e auxiliares) Salão Rosas de Saron com Lucas Lima e Eva, Maquiadoras Shana e Richelle, Cabelereira Salete Laurindo, Barbeiro Paulo, Escola Aberta na Comunidade com Fabíola Jung, Toda Sua Langerie. Família Santos Spricigo agradece a todos os envolvidos.

Colaboração Taciana Salvador

 

Orleans foi contemplada na Fundação Nacional de Artes (Funarte) com apresentação com palhaço Pepe Nuñez

O Centro Social Emília Debiasi Pinter, em Orleans, esteve lotado na segunda-feira 01, com estudantes de escolas municipais para assistir o mestre da palhaçaria, o diretor e ator espanhol Pepe Nuñez. Referência na linguagem do palhaço, ele apresentou o espetáculo “Bom Apetite”, com entrada gratuita para mais de duzentos alunos de escolas da rede municipal.

Considerada a “Capital da Cultura” em SC, Orleans está na vanguarda cultural com museus, esculturas em rocha viva e escolas de arte e cultura. Nesta semana agora, a administração municipal de Orleans por meio do Departamento de Cultura em parceria com a Secretaria de Educação, surpreendeu. O espetáculo "Bom Apetite", com o palhaço com nariz vermelho e jeito tímido e estilo descontraído ele convida o público a participar ativamente das cenas compartilhando sempre o lado ridículo e inocente do ser humano, com muito humor.

A gerente de Cultura Annye Baggio conta que ao trazer o espetáculo “Bom Apetite” para Orleans pensou num espaço de brincadeira. “O prefeito Jorge e o Vice Mário Coan pedem sempre espetáculos para o orleanense. Foi lindo!!! A interação formada pelo público e o palhaço que, rindo de si mesmos, fizeram a um show descontraído, simples e ingênuo onde todos rimos muito!!!” No “cardápio” tem música, mágica, malabarismo, jogos coletivos e muito humor.

O espetáculo atuado e dirigido pelo espanhol já circulou por países como Espanha e Portugal. De forma lúdica ele busca a participação do espectador na própria ação poética que se desenvolve fundamentalmente na base do jogo entre palhaço e público. Agora ele faz extenso roteiro em Santa Catarina patrocinado pela Funarte, sendo que pela relevância que Orleans é vista na cultura, a cidade foi contemplada.