ban or ban sc ban br

Educação

Orleans se transformou em referência regional de educação implantando um sistema de educação municipal diferenciado, comparado a rede particular de ensino

A administração Municipal de Orleans por meio da Secretaria de Educação, está com as matrículas abertas para a rede municipal de ensino para o ano de 2019, a partir deste dia 12, seguindo até 28 de novembro. O edital é para atender crianças e alunos nos Centros de Educação Infantil, escolas da rede municipal de ensino e educação de jovens e adultos.

Segundo o secretário de educação, Lindekson Resin, atualmente Orleans atende 1900 alunos e entende que 2019 deva permanecer neste número. Resin conta que o trabalho da administração tem sido direcionado para a qualidade do ensino com os professores participando constantemente de cursos de aperfeiçoamento, e a cidade se destacando na região. “Percebemos que estamos no caminho certo alcançando resultados melhores”, fala. Para o secretário oferecendo material de qualidade, a municipalidade garante um aprendizado efetivo. “Podemos dizer que a administração já tem uma trajetória de sucesso e, durante nossas buscas, análises, e os índices de avaliação que temos recebido, é a indicação que a nossa cidade está no caminho certo”, completou o secretário.

Para o prefeito Jorge Koch, o município tem dado prioridade a educação implantando o sistema de ensino Positivo, o que eleva o nível do município com o das escolas particulares oferecendo qualidade de ensino aos estudantes de Orleans. "Estamos implantando um sistema moderno de educação, que é referência em todo o país, utilizado por escolas particulares. É através da educação que vamos transformar a nossa cidade", pontuou o prefeito.


Sobre a Editora Positivo

Fundada há 38 anos, a Editora Positivo tem a missão de construir um mundo melhor por meio da educação. Tendo as boas práticas de ensino como seu DNA, a Positivo está presente em milhares de escolas públicas e particulares com os seus sistemas de ensino. Amplamente recomendados pela área pedagógica e reconhecidos pelos seus resultados, os sistemas foram criados de modo a atender a realidade de cada unidade escolar. Cerca de 2 milhões de alunos utilizam os sistemas de ensino da Editora Positivo, em escolas públicas e particulares, no Brasil e no Japão. (Fonte internet)


Documentos das crianças necessários para a matrícula:

Foto 3x4
Cópia cartão Bolsa Família (caso receba o benefício)
Declaração de vacinação em dia (fornecida na unidade saúde São Lucas);
Cartão SUS;
Cópia certidão de nascimento e/ou RG da Criança;
Laudo médico, caso necessite de atendimento especial (alimentação, medicação...)
Declaração de guarda emitida pelo juizado da infância e juventude, (crianças e alunos que convivem com responsáveis)


Documentação dos pais ou responsáveis legais:

Comprovante de residência, ou declaração do locador dos últimos 90 dias em nome dos pais e ou responsáveis;
Comprovante de trabalho com registro do empregador em cartório e ou CNT;
Comprovante do endereço e horário do trabalho dos pais;
RG e CPF dos responsáveis;
Telefones atualizados;

 


IMPORTANTE

Clientela para a Creche e pré-escola na Educação Infantil

Berçário: crianças a partir de quatro meses completos;
Maternal I: crianças com um ano de idade até um ano e onze meses;
Maternal II: crianças com dois anos de idade até dois anos e onze meses;
Maternal II: crianças com três anos de idade até três anos e onze meses;
Pré I: crianças com quatro anos de idade completos até 31 de março de 2019;
Pré II: crianças com cinco anos de idade completos até 31 de março de 2019;


Clientela para o Ensino Fundamental

1º ano: crianças com seis anos de idade completos até 31 de março de 2019;
Do 2º ao 9º ano: na turma seguinte que frequentou e foi aprovado em 2018.


Clientela para a Educação de Jovens e Adultos

Ensino Fundamental (alfabetização e nivelamento), adultos com 15 anos completos;
Ensino Fundamental II do sexto ao nono ano;
Ensino médio, adultos com 18 anos completos (responsabilidade exclusiva da Rede estadual de ensino).

 

Dados do Ministério da Educação divulgados nesta semana, apresenta Orleans subindo duas posições na Amrec e superando a meta do MEC. O desempenho se deve ao forte investimento na educação

 

A rede de escolas públicas municipais de Orleans recebeu a nota de 6,3 no ensino fundamental pela avaliação do Índice de Desenvolvimento do Ensino Básico (Ideb) referente ao ano de 2017. O município teve destaque ao superar a meta proposta para o ano, que era de 6,1.

 

Para o prefeito Jorge Koch, este desempenho reflete o resultado dos investimentos que a administração tem implementado na educação. A implantação do novo Sistema Positivo no município tem como objetivo atualizar a educação de Orleans. “Estamos implantando um sistema que moderniza o ensino, referência em todo o país, utilizado inclusive por escolas particulares. É através da educação que transformaremos nossa cidade”, disse o chefe do poder executivo.

 

Já o secretário da educação Lindekson Resin, com a implantação do sistema moderno de ensino, a reforma das escolas, implantação de novos computadores de última geração, o município começa alcançar resultados melhores. “Estamos capacitando professores, oferecendo material de qualidade para nossos alunos e garantindo o aprendizado, completa o secretário.

 

Realidade de Orleans

O índice avaliado pelo governo federal em Orleans, foi resultado do esforço conjunto entre a Administração Municipal, Secr. Municipal de Educação e professores municipais. O ensino município conseguiu apresentar com efetividade um resultado positivo, no salto da aprendizagem do ensino fundamental. O índice comparado com a Amrec teve um desempenho positivo saindo da

da sexta posição no ensino fundamental e subindo duas posições. “Estávamos na sexta posição e viemos para a quarta, na Associação dos Municípios da Região Carbonífera, (Amrec), pelo trabalho diferenciado executado em 2017”, relatou o secretário Resin.

 

Resultado de trabalho

O s números do Ideb vieram para animar Orleans, e trouxe forte motivação as pessoas ligadas a educação. O município conta com um dos melhores quadros de profissionais do magistério da região. Com o apoio da administração municipal foram investidos em materiais e capacitações para os servidores, sempre com foco no aluno. De acordo com a coordenadora pedagógica do ensino fundamental, Josiane da Silva, os resultados são frutos de um esforço conjunto da prefeitura, secretaria e dos professores em sala de aula. “Quando recebemos o resultado, confirmando que conseguimos superar a meta estabelecida pelo Ministério para o ano de avaliação, do Ideb foi motivo de comemoração para todos”, relatou. Foi uma conquista para “nossos alunos e para a educação pública de Orleans”, finalizou o prefeito Jorge Koch.

Quando um pneu chega ao fim de sua vida útil, ou seja, não pode mais continuar rodando em um veículo, ele deve ser deixado em local apropriado como Ponto de Coleta de Pneus. 

A equipe de profissionais do Controle de Zoonoses de Orleans, está realizando a ação de recolhimento de pneus inservíveis e que estão espalhados em pontos inadequados do município. 

De acordo com as agentes de combate as endemias, Luciana e Maíra, a ação iniciou nesta segunda-feira (09/04) e se estende até o dia, 30 de abril. Segundo elas, as pessoas que desejam fazer a entrega de pneus sem utilidade podem deixá-los no seguintes pontos de recolhimento: Bairro Corridas - Recapneu, Bairro Samuel Sandrini - Tanaka, Bairro Samuel Sandrini - Tanaka, Bairro Coloninha - Garagem da Prefeitura, Bairro Rio Belo - FAMOR e no Bairro Pindotiba.

"A intenção é deixar a cidade limpa e evitar a proliferação de doenças. Esta iniciativa conta o apoio do Controle de Zoonoses com a diretoria de vigilância epidemiológica (DIVE) e com a empresa Reciclanip, cuja finalidade é conscientizar as pessoas e reaproveitar os pneus", fomentou Maíra, uma das organizadoras da ação.

Vale informar que os pneus coletados serão repassados para a empresa Reciclanip, entidade sem fins lucrativos de São Paulo a qual fará utilização dos pneus inservíveis para a fabricação de manta asfáltica e asfalto-borracha e pavimentação. 

Os pneus inservíveis também estão sendo reaproveitados na elaboração de lixeiras, porta guarda-chuva, jardim entre outros. 

Para maiores esclarecimentos as pessoas podem ligar para (48) 3466-1144 e conversar com Luciana e Maíra em horário comercial.

Última modificação em Segunda, 09 Abril 2018 11:41
 
Para celebrar o dia Mundial da Água a Fundação Ambiental Municipal de Orleans - FAMOR, realizou na última quinta-feira (22/03) ações educativas em diversas escolas da rede pública de ensino sobre a preservação das fontes da água no município.
 
O biólogo, André Luis Klein, explica que a intenção foi debater com os alunos assuntos voltados a mata ciliar, ou seja a mata que protege os córregos e as nascentes.
 
Segundo ele, os profissionais da área Ambiental e Ambiental e Sanitária esclareceram sobre as principais ameaças que afetam as nascentes como a irregularidade de depósito de lixo, terraplanagem, agricultura em grande extensão, uso de fertilizantes e agrotóxicos.
 
A socialização e visitas a campo foi concretizada através de figuras explicativas e linguagens de fácil compressão. Os alunos, por sua vez, puderam concluir suas dúvidas e conhecer de perto alguns exemplos.
 
Segundo o Superintendente da Famor, Junior Cesar Zomer, a Famor vai executar ao longo do ano várias atividades pautadas na Educação Ambiental, na Fiscalização e no Licenciamento em todo município.
Última modificação em Sexta, 23 Março 2018 17:32